PASTOR DE 76 ANOS ADULTERA COM MENOR DE IDADE – Caso verídico

2

falsos-profetas-enganadores-e1372899511886

Há 4 anos conheci o evangelho e me converti ao cristianismo. Passei a participai de um ministério pentecostal com doutrinas rígidas. O pastor é um senhor de 76 anos e convertido há quase 40 anos, porém descobri que ele está adulterando com uma moça de 17. Desanimei total de ir a igreja e participar do ministério, faz quase 1 ano que não vou mais… Minha fé permanece intacta, mas não aceito esse comportamento. Como um pastor pode cometer tal pecado e continuar se fingindo de santo para igreja? Amo muito a comunidade, somos muito unidos, não gostaria de deixá-los, mas vejo que muitas igrejas fazem coisas que a Bíblia condena, parece que não tem pra onde correr…. O que eu devo fazer?

Resposta Dani:

Querido, realmente as coisas desandaram, mas saiba não é de hoje que pastor pega mocinhas e padre, menininhos. Essa história é antiga! Mas por conta da mídia, temos a impressão de que casos como estes estão crescendo e se multiplicando. Em qualquer comunidade que passar, encontrará pessoas que pecam conscientemente, seja nesta ou em outra área da vida. O curioso é que os cristãos tendem a dar um peso muito maior aos pecados relacionados a sexo, mas esquecemos que neste mesmo pacote podemos incluir os irmãos corruptos, mentirosos, fofoqueiros, maledicentes, ladrões, que devem a seus funcionários, que sonegam impostos e ensinam seus filhos a mentir. Temos também maridos e esposas mergulhados na pornografia, os viciadas em comida, os que utilizam a água de forma irresponsável, os que destroem a natureza, jogam papel na rua e os que se iram facilmente. A lista é infinita! Se formos ligar a metralhadora da acusação, não sobra um!

Mas é importante ressaltar que o papel da igreja e dos cristãos em geral não é julgar o irmão e dizer que o que ele faz é contra moral, contra a lei ou contra as regras, mas sim uma conversa franca e amorosa que o faça entender que não está manifestando Cristo dessa maneira, e mais, está prejudicando sua família e comunidade. Sugiro que chame uma testemunha de extrema confiança, pessoa madura espiritualmente e fale com esse pastor sobre o que descobriu, sua frustração e decepção. Com base na Palavra, alerte-o para o mal testemunho que está dando com este comportamento. Não faça o papel de acusador, mas de discípulo de Cristo que exorta o irmão que ama. Ao contrário do que muitos pensam, exortação não significa acusação ou disciplina, mas sim a disposição de mostrar a Luz e caminhar ao lado, ajudando o irmão a cair em si e encontrar o caminho de volta.  Por isso é importante lembrar que não estamos falando do cumprimento ou quebra de uma lei, mas sim da regeneração do ser humano e a reconciliação com o Senhor da Graça. Todo confronto deve ter em vista a redenção da pessoa não o julgamento, entende? Como líder e conhecedor da Palavra, este homem precisa tomar uma decisão. Ou honra a fé que tem, reconhecendo o erro e abandonando o pecado, ou renega sua fé e vai pegar todas as menininhas que quiser!

Se ele se dispuser a isso, bem. Caso contrário, você e essa testemunha devem conversar sobre a possibilidade de uma segunda reunião com a liderança da comunidade, afinal, estamos lidando com vidas. Pessoas estão sendo enganadas! Saber que tem um lobo conduzindo um rebanho, pular fora e não fazer absolutamente nada, é no mínimo uma atitude egoísta. Analise também seu coração e veja se realmente está disposto a caminhar ao lado de um líder hipócrita, que conscientemente vai contra aquilo que prega. Se não suportar, busque outras comunidades que realmente estão fundamentadas na Palavra, que buscam de coração viver a Verdade. Ore ao Senhor para que te direcione nessa decisão. Continue com sua fé e esperança apenas em Cristo, pois homens ainda vão te decepcionar. Não crie expectativas de uma comunidade e liderança perfeitas, elas não existem, pois são formadas por homens imperfeitos e pecadores. Mas sim, é possível frequentar uma comunidade onde os líderes reconhecem suas fraquezas e buscam de todo coração caminhar pautados na Verdade. Homens e mulheres que possuem uma vida íntegra e caráter aprovado existem aos montes. Comunidades sadias também. O termômetro para isso é a transparência. O líder humilde não tem vergonha de dizer que errou. Ele reconhece sua humanidade e dependência em Deus. É servo e se coloca como irmão, não como superior. Ele não domina, mas tão somente ama e conduz para a Luz, que é Jesus.

Então meu amigo, viva a Verdade, reflita Cristo em suas palavras e ações, compartilhe as Boas Novas, acuda os necessitados e ore em todo tempo. Não prenda-se a religião e denominações. A igreja de Cristo é invisível e universal, formada por cristãos em toda parte do mundo. Igreja é formada por gente, não por tijolos. Una-se aos que creem dessa forma e continue a caminhada, você já é parte da igreja. O Espírito Santo o direcionará, eu creio.

Ah, acesse este outro blog que escrevo e leia tudo que puder, vai te ajudar: O Mundo e o Reino

Conheça também uma galerinha que tem essa mesma visão. Assista o máximo de vídeos que puder: Missão na Íntegra

No amor de Cristo,

Dani

Share.

2 Comentários

  1. Minha cara Dani, aconselho vc a ler mais a bíblia, pois vejo que vc nao tem ela como regra de fé; seus conselhos sao vazio, fora da bíblia e baseados somente em filosofias humanas.Voce está dando palha seca ao povo, pare com isso.O pecado tem de ser confrontado com a Palavra, e não copm filosofias vazias, que vc tanto ama.

    • Em tudo o que ela falou, ela falou baseado na bíblia que você lê, irmão. Jesus no ensina a irmos ao irmão que pecar, primeiramente, depois levarmos uma testemunha, depois ao conselho/pastores/igreja e por último, ressalto, por último e pq ele não quis mudar, excluí-lo, tê-lo como não participante da comunhão. Agora é muito melhor mandar a pessoa ir para o quinto que andar com ela, chorar com ela, entendê-la, levá-la a mudar, pois dá muito trabalho e demanda duas coisas, tempo e amor. Se você acha que Deus tem prazer em irmos para o inferno, então significa que o sacrifício foi em vão, afinal, Ele teria que seguir estritamente a sua própria palavra e nos dar a paga do que merecemos, que é pegar um belo dum bronze no lago de enxofre. Ao contrário, com amor e com misericórdia, Ele nos quer ao lado dEle, tanto que Jesus disse que é melhor irmos para o céu caolho que com os dois olhos irmos para o inferno.

      Graça e paz!

      Marlus

Leave A Reply