O QUE FARIA SE FOSSE CASADO E…

2

camisinha

… ENCONTRASSE UMA CAMISINHA USADA EMBAIXO DA SUA CAMA?

Este é um caso bastante peculiar, mas decidi compartilhar por conta da maturidade do casal. Talvez o ajude a lidar com situações semelhantes. O caso poderia ter culminado em divórcio, mas como tiveram sabedoria e paciência durante a busca de respostas, tudo terminou bem. Confesso que fui falha por julgar algumas questões precipitadamente (aprendi a lição, rs). Dá só uma olhada:

“Oi Dani,

Estou numa situação bem complicada e gostaria muito que você me ajudasse. Eu e minha esposa somos casados há sete anos, temos uma filha de seis anos e uma filha enteada de 15 anos, filha da minha esposa mas que considero como minha também.

Então, o que aconteceu foi o seguinte: alguns dias atrás, quando me levantei para ir trabalhar, ao olhar debaixo da cama para procurar uma camisa que tinha caído no chão, me deparei com uma camisinha usada, amarrada. Havia também de estranho o fato de por dentro havia algo como sangue, mas não sei dizer o que seria. Eu estranhei e perguntei “o que é isso aqui?”, mostrando a ela. Ela também ficou surpresa, e disse: “Como isso foi parar aí?” Eu e ela já não usávamos camisinha há alguns meses (acho que dois, no máximo três), pois ela teve que parar de tomar anticoncepcional por um tempo, por recomendação médica.

Confio muito na minha mulher, mas confesso que fiquei confuso. Pois ela achou de princípio que uma das nossas camisinhas pode ter ficado presa na grade de madeira embaixo da cama e ter caído no chão depois. Não estava no chão desde a última vez que usamos pois ela já havia limpado e varrido o quarto várias vezes. Apesar de esta história parecer plausível para ela, não pareceu pra mim, e disse a ela. Confio nela, não consigo vê-la me traindo. Não a acusei, mas deixei bem claro que quero saber o que aconteceu, pois para tudo, há uma explicação. Pois mesmo que fosse o caso de minha filha enteada a ter usado e perdido a virgindade, me preocuparia do mesmo jeito.

Pensamos até em usar uma camisinha, e ver o que acontece depois de um tempo, para ver se fica do jeito que estava aquela que encontrei (vermelho), e talvez comprovar nossa teoria sobre ser uma de nossas camisinhas. Eu acredito que o sêmen seque, mas como afirmar com certeza se não sou especialista? Nunca guardei uma camisinha para ver como fica depois, rsrs. Depois que fui ao trabalho, durante o dia vários pensamentos me vieram à mente: desde meu pai e minha mãe, que estiveram lá em casa na semana tomando conta da minha caçula enquanto eu e minha esposa íamos a um compromisso, até outros incluindo minha esposa ter me traído (o que acho improvável, mas eu tinha que trabalhar com todas as possibilidades se quisesse investigar seriamente). Eu digo porque acho improvável: primeiro, o histórico: ela nunca me deu motivo para desconfiar dela. É carinhosa, sempre diz que me ama, é uma ótima mãe. Parece realmente apaixonada por mim,

E pensando bem, quando ela faria isso? A única parte do dia em que ela está sozinha é pela manhã, quando as crianças estão na escola. Também raramente sai sozinha, sempre gosta de sair comigo. Pode ser alguém da rua… mas é pura especulação, também não consigo pensar nisso com seriedade. O que me fez pensar nesta hipótese com mais seriedade foi o fato de nos últimos dias ela estar menstruada, e associar com o fato de que havia o que parecia ser sangue dentro da camisinha, como disse antes. Nós nunca temos relações sexuais quando ela está nestes dias.

A outra possibilidade que eu levantei, que eu também não acho provável, mas preciso saber o que aconteceu, é minha filha enteada de 15 anos. Ela não fica em casa sozinha, salvo raríssimas ocasiões. Mesmo quando fica, é por um tempo bem curto. Pensei na possibilidade de enquanto fomos naquele compromisso que meu pai e minha mãe ficaram tomando conta delas, se minha mãe e meu pai saíram com a caçula e deixaram ela sozinha em casa. Assim que contei isto a minha esposa, ela disse que iria verificar se ela ainda era virgem. Não achei a ideia boa para não constranger a menina, mas ela disse que era melhor do que a gente ficar pensando no que aconteceu. Não estive presente na hora, é claro, mas assim ela o fez, conforme me disse, e não constatou nada, segundo ela.

Estou bastante preocupado. O que devo fazer, Dani? Pois existem três possibilidades, analisando de modo frio:

1) Minha esposa me traiu, mesmo estando naqueles dias;

2) A minha filha enteada teve relações com alguém no meu quarto enquanto estava sozinha;

3) Realmente era uma camisinha usada antiga perdida em meio ao quarto que por acaso apareceu.

Mas surge um porém: se a camisinha foi eu e minha esposa que usamos, porque tem aquilo que parece sangue, pois mesmo se fosse uma das nossas, não fazemos quando ela está naqueles dias. Por isso quis fazer o teste para saber o que acontece depois de 2 ou 3 meses com a camisinha. Mas acho que você talvez saiba, por ter mais experiência aconselhando sobre estes assuntos. A outra possibilidade é o sangue ser pelo fato de alguém ter perdido a virgindade. Neste caso, o sangue dentro da camisinha se explicaria pelo fato de alguém ter feito a penetração e só depois com o pênis sujo de sangue, ter colocado a camisinha. Gostaria muito de um conselho sobre como proceder nessa situação, realmente estou precisando de sabedoria.

Desde já, muito obrigado, Jonathas.

Resposta Dani:

Boa noite Jonathas, agradeço a confiança em compartilhar. Nossa, que situação hein? Essa é novidade pra mim… Bom, vamos lá. O sangue depois de um tempo fica marrom bem escuro, então descarte a possibilidade de ser uma de suas camisinhas. Outra coisa, se o sangue estava por dentro, fica difícil entender, pois o sangue deveria estar por fora. A não ser que o homem estivesse com algum tipo de infecção ao inflamação no pênis.

Bom, além das suas possibilidades, penso em mais algumas:

– Seus pais mantiveram relações sexuais no dia em que foram aí. Sei que parece absurdo pensando que eles estavam cuidando das crianças, mas… é uma possibilidade.
– Seu pai abusou da sua enteada enquanto sua mãe saiu com a caçula. Sei que parece outro absurdo, mas já ouvi centenas de casos parecidos.
– Alguém jogou a camisinha de fora da janela (o quarto é baixo?)

Guardou a camisinha? Dependendo do seu grau de preocupação e desconfiança, talvez fosse necessário mandar fazer um exame do sêmen.  Se isso estiver afetando demais o relacionamento com sua esposa e o seu dia-a-dia, levar sua enteada a uma ginecologista e ir junto para escutar o que ela tem a dizer talvez fosse outra saída. Dependendo do caso, sua esposa pode ter escondido a questão da virgindade da filha para protege-la… Não sei.

Enfim, estou estudando todas as possibilidades, nenhuma delas é certa. Sei que deve estar sendo difícil de engolir… Pra mim também estaria. Mas se está custando a paz no seu casamento e no seu lar, precisa dar um jeito de desvendar esse mistério. Estarei aqui para o que for preciso, inclusive para falar com sua esposa se ela quiser. Ore pedindo a Deus orientação e sabedoria!

Um forte abraço, Dani

Resposta Jonathas:

Muito obrigado por ter respondido, Dani. Realmente está difícil desvendar este mistério. Sim, realmente preciso de muita orientação do Senhor, e tenho me dedicado a buscar isso. Obrigado por oferecer-se a conversar com minha esposa. Ela se chama Luana, e as palavras a seguir serão dela:

“Oi, Dani. Meu nome é Luana. Penso pessoalmente que seja uma de nossas camisinhas pelo fato de eu me lembrar de ter colocado do lado do colchão da cama, e haver uma mancha na grade de madeira, e não me recordo de ter tirado ela dali debaixo. Também não penso que seja sangue pois não havia cheiro. Não tenho o costume de tirar o colchão, então creio que ela ficou lá por volta de uns quatro meses. Então decidi usar uma camisinha e colocá-la no mesmo lugar para ver se após algum tempo ela fica com o mesmo aspecto. Quanto a isto, meu marido discorda de algumas questões. Agora é ele quem tá falando…

voltei…

Dani, não concordo com a opinião de minha esposa. Por alguns motivos simples:

1) Como o meu sêmen ficaria daquela cor? Ela supõe que com o tempo ele pode adquirir esta coloração (marrom, ainda que para mim, pareceu mais avermelhado), por isso ela resolveu fazer o teste repetindo a operação, o que apenas consenti, mas não acho que vá dá em alguma coisa.

2) Porque só depois de alguns meses ele iria parar ali no chão?

Também vou aproveitar para pontuar algumas questões que você levantou, Dani: Não creio que houve abuso do meu pai. Creio que se isso acontecesse, ela se comportaria de maneira diferente. Além do que acho que ela não hesitaria em nos falar. Quanto a possibilidade  de alguém ter jogado a camisinha pela janela, acho improvável, pois moramos em sobrado, onde o quarto fica em cima. Além do mais, mesmo que se alguém tivesse jogado da rua (apenas para azucrinar mesmo) não daria para chegar a parte debaixo da cama. Quanto a questão que você disse anteriormente sobre a estranheza de haver “sangue” por dentro e não por fora, também meditei sobre isso, e na hora o que pude pensar é que houve a penetração sem camisinha e depois de um tempo, com o pênis sujo em sangue, foi colocado a camisinha para continuar a relação. Quanto a meus pais terem tido relações, confesso que achamos remota a chance.

Não guardamos a camisinha. Dani, você acha que o sêmen pode ter ficado daquela cor (avermelhada escura ou marrom escuro)? É apenas esta hipótese estar descartada para que eu venha fazer uma reunião aqui em casa para saber o que aconteceu. Vou retornar o teclado para minha esposa…

voltei… Luana

Dani, digo com toda sinceridade que eu não traí meu marido. Também não estou escondendo nada em relação a minha filha. Uma vez eu vi uma foto de minha filha beijando e fiz o maior barraco. Acredite, não seria condizente com o fato de ela estar transando.

voltei… Jonathas

Dani, sei que é um caso bem complicado. Estou sentindo uma paz em relação a isso que só pode vir do céu. Mas esta paz não me impede de ser diligente e buscar saber o que aconteceu. Obrigado por estar nos ajudando. Ter com quem compartilhar este problema e que nos ajude a desvendar o caso é uma grande benção. No aguardo de uma resposta sua, se tiver mais algum parecer.

Resposta Dani:

Queridos, bom dia!

Imagino a angustia de vocês. Bem, conversei com uma amiga ginecologista. Ela disse que com o tempo pode haver sim uma alteração na coloração do sêmen, podendo ficar num tom mais acastanhado. Se vocês costumam prender a camisinha já usada no estrado da cama, é uma possibilidade então que realmente seja de vocês. Isso explicaria a cor amarronzada por dentro. Ela disse que sangue é difícil ser, pois depois de 4 meses ele estaria praticamente preto. Se a camisinha estava presa entre o estrado e o colchão, é normal que com o tempo acabasse caindo no chão, por conta dos movimentos. Isso também explica a mancha na madeira.

De todos jeito, se ainda restarem dúvidas, prossigam com o teste. Tentem também uma camisinha com sangue dentro, depois me contem o que aconteceu. Poderá ajudar num próximo aconselhamento, rs. Fico feliz em ver a cumplicidade de vocês nesta situação. Apesar da desconfiança, estão trabalhando juntos, e isso demonstra grande maturidade das duas partes. Quanto a filha de vocês, fica difícil dizer alguma coisa, pois não a conheço e não sei da profundidade do relacionamento que vocês têm com ela, por isso não tenho como chegar a alguma conclusão. Espero que essas informações os ajudem de alguma forma. Não permitam que esta situação os divida, mas que traga mais maturidade, intimidade e cumplicidade.

Um forte abraço,

Resposta Jonathas:

Obrigado, Dani. Ajudou sim. Sim, vamos prosseguir com o teste, daqui a quatro meses lhe conto. Obrigado pelo aconselhamento.

Dias depois…  

Oi Dani. Aqui é o Jonathas. Não sei se você lembra do pedido de conselho que eu pedi, mas não precisei esperar meses com o teste. Entramos em contato com a equipe médica de um site e recebemos esta resposta que vou transcrever para você:

“Não se preocupe. Esse fenômeno físico/químico é normal. O líquido espermatico quando exposto ao ar atmosférico sofre um processo de oxidação que o faz mudar de coloração, adotando uma aparência escurecida.

Diretoria Médica/ Humana Saúde”.

Obrigado pela atenção ao nosso caso e espero que esta informação ajude em futuros aconselhamentos.

Resposta Dani:

Oi Jonathas, que bom! O vendaval passou, rs. Achei essa história bem interessante e peculiar. Vocês ficaram bem depois disso? Ou sua esposa se abalou com a desconfiança?

Resposta Jonathas:

Ela ficou nervosa um pouco, e chegou a ficar chateada comigo. Mas foi por pouco tempo. Sempre deixei claro que desconfiando ou não desconfiando, eu teria que buscar compreender o que aconteceu. Seria relapso meu se eu não o fizesse. E acho que isso fez ela me entender um pouco.

The End…

Obs.: Queridos leitores, não estou mais atendendo pedidos de aconselhamento. Pretendo retomar no início do próximo ano, se Deus assim permitir. Agradeço a compreensão!

Share.

2 Comentários

  1. É o inimigo irmão Kkkk. Me lembrou alguns vídeos que vi no Youtube de mulheres abusadas pelo capiroto, uma disse que só conseguia dormir depois que ela “liberasse” a b.. pra ele, e era toda noite isso. Outra dizia que acordava no meio da noite pelada e “molhada”, o capa preta pegava ela, ela não se lembrava, mas depois ficava sangrando por alguns dias. Outra dizia que o capiroto queria fazer com ela 24h por dia, e ela sentia ele entrando por baixo da saia, pelas pernas, o tempo todo. Outra dizia que gostava da coisa, ele até deixava ela se insinuar de lingerie pro marido, mas este não podia tocar nela, sentia nojo do marido, mas tinha orgasmo com o capa preta kkk. *Todas eram pessoas desviadas ou no espiritismo. Isso não acontece com uma serva de Deus que tem autoridade sobre o inferno e vive em santificação.

    Afora a brincadeirinha acima, ficam as lições:
    1º Quando alguém faz qualquer coisa errada, esse(a) fica com a consciência pesada, não ia esquecer uma camisinha assim a toa, a pessoa sempre tenta esconder ao máximo todas as provas né.
    2º Se alguém usa camisinhas, está assumindo um risco de que alguém algum dia descubra ou de esquecimento, portanto só porque achou uma camisinha não significa nada. Deixe pra se preocupar se vc nunca usa camisinha e encontrar uma debaixo da cama…
    3º Se vc usa camisinha, mais cuidado, não é uma boa ideia se esquecer dela em qualquer canto, onde a empregada ou seu filho pode achar, e pôr na boca pensando ser uma bexiga kkkk, assim que terminou, embrulhe no papel higiênico e jogue no lixo ou no vaso junto com a descarga. Essa camisinha deve ter escorregado pela borda da cama e sido empurrada pra baixo do colchão, devido a esse esquecimento.
    4º Realmente, tem muita coisa feia acontecendo por aí, mas é melhor não acusar ninguém, pois isso é muito chato e fere as pessoas, a não ser que tenhamos quase certeza pra acusarmos alguém, é melhor não fazermos. Deixa os outros contarem os fatos.
    5º Mesmo o diabo usando tudo isso pra trazer confusão e mágoas, seus planos foram desbaratados, ele foi desmascarado e já caiu por terra em nome de Jesus. Deus vos abençoe a todos.

  2. Por favor!!! NUNCA jogue o preservativo no vaso sanitário, o mesmo vale para absorventes, fraldas e papel higiênico. Isso pode entupir o encanamento e gerar um grande transtorno.

Leave A Reply