BAFO, SOVACO FEDIDO E CUECA SUJA

6

marido porco

Há um tempo atrás escrevi um texto sobre higiene feminina com o título “Xoxota Peluda”. Atualmente é um dos textos mais lidos do site. A galera pira! Prometi que em breve escreveria um artigo sobre a higiene masculina, e aqui está, para a alegria das esposas! Resolvi continuar na onda de títulos que escandalizam, rs.

Incrível como durante o namoro as pessoas são mais cheirosas e bem arrumadas. Cabelos lambuzados com gel, roupas limpinhas e bem passadas (graças à mamãe!), desodorante AXE (porque elas adoram) e o perfume favorito da pretendente. Huuumm, que delícia ficar ao lado de uma pessoa cheirosa não é mesmo? Mas o que será que acontece depois do casamento? O conto de fadas acaba como num passe de mágica: bafo matinal, remela nos olhos, rodela de suor na camisa, borrão de cocô na cueca, chulé, gases fétidos e arrotos sem fim… Meu Deus, o príncipe encantado virou um Shrek!

Parece brincadeira, mas o papo é sério. Maus odores persistentes podem destruir um relacionamento. Se você é homem e tem escutado sua parceira reclamar com frequência do seu “modo porco” de ser, fique atento! Seja sábio e entenda esta reclamação como sinal de alerta vermelho. Se continuar agindo desta forma, perderá sua companheira!

Reflita comigo:

Ao final de um ato sexual intenso e repleto de amor, o casal se abraça e a esposa aconchega a cabeça no peito do seu amado. Um suspiro de satisfação! E para brindar este belo momento, o esposo solta um fétido e estrondoso gás que chega a vibrar as cobertas. Meu Deus, que nojo! Outro exemplo: Ela chega em casa cansada do serviço e a primeira coisa que encontra é um sapato recheado com chulé e meias sujas jogados no meio na sala… A vontade é de fechar a porta e voltar para o serviço. Ou então, estão almoçando e conversando sobre algo sério e o “marido sem noção” solta um arroto que chega a balançar os brincos da esposa! A vontade de continuar a conversa some quase que instantaneamente… E acho que podemos concordar que um homem fedendo a “cc” e com mau hálito persistente é capaz de espantar a mais amorosa das esposas!

Meu amigo, sua companheira é, e sempre será a única pessoa capaz de lhe dizer a verdade, e isso não é ruim! Poucos amigos e familiares possuem intimidade e coragem suficiente para isso. Se ela está reclamado do seu cheiro, te chamando de porco anti-romântico, não fique bravo, mas preocupado. Leve o alerta a sério, pergunte o que mais a tem incomodado e se esforce para melhorar no que for possível.

O excesso de romantismo acaba em qualquer relacionamento, eu sei. Não dá para continuar cheiroso e arrumadinho em 100% do tempo depois que casamos, mas a total falta de cuidado com a higiene e aparência chega a ser insensatez! Preste atenção aos sinais emitidos por sua esposa. Invista num novo desodorante, procure um dentista ou um gastro para verificar seu mau hálito persistente, lave suas cuecas no chuveiro, coloque suas meias no cesto, limpe o xixi que vazou da privada e controle seus gases fétidos e altamente sonoros.

O grande pensador Shrek foi muito sábio ao dizer: “Melhor pra fora do que pra dentro!” (os profissionais da saúde que o digam!), mas é possível controlar o “para fora” observando o momento e local em que se encontram. É um bem que está fazendo à sua esposa e seu relacionamento, e o sacrifício deixa de ser tão pesado quando é movido pelo amor.

Agora, se sua esposa é uma Fiona e curte ter um Shrek em casa, então juntem seus gases, e sejam felizes para sempre! 🙂

Share.

6 Comentários

  1. Excelente!!!! Ri horrores. Realmente os esposos tendem a se descuidar.Para eles ,geralmente não fica feio.Já nós temos que cuidar da casa,crianças e ainda temos que estar com as pernas depiladas,batom,cheirosa e malhada.

  2. Mto bom! Meu primo me disse uma vez que qd a mulher deixa de se arrumar é pq ela perdeu o interesse. Será assim como os homens? rsrs

  3. Poxa, magoou, agora fomos rebaixados de seres humanos pra porcos imundos??? kkkkk
    Podexá, também o que tem de mulher por aí porcona, que arrota na mesa, já vi moça saindo do banheiro com o vaso cheio de *%#& não dão descarga, outras querem casar, mas não sabem sequer fazer um arroz ou um café, outras deixam calcinha e absorvente usado jogado em qualquer parte, etc, etc. então somos todos iguais 😀

  4. Dani
    Li seu texto e achei extremamente sensato, até por que quem gosta de conviver com mal cheiro e falta de higiene não pode esperar que as outras pessoas aceitem esse tipo de comportamento. Mas veja o meu caso, eu trabalho numa empresa climatizada, tomo pelo menos 2 banhos por dia, sempre uso desodorantes após o banho e perfumes, minha barba está sempre bem feita e uso cabelos aparados, escovo os dentes além após as refeições durante o banho, sou atleta de jiu-jitsu e procuro manter meu corpo em forma, sou carinhoso com minha esposa sempre penso no conforto dela, só que ela não gosta de transar, simples assim. Ela até diz que quer, mas não prioriza, inventa outras coisas como até mesmo pesquisar artigos na internet e só não deixa na mão por que acho que masturbação é coisa de guri, tenho 35 anos e acho que isso para mim não atende as minhas expectativas. Procuro dentro das oportunidades leva-la a lugares que ela gosta e deixa-la bem a vontade, sem problemas, sem stress mais ela não dá a mínima. Sempre fui super honesto com ela, nunca trai e não vou fazer isso por que acho que a traição geraria uma catástrofe no nosso relacionamento pela perda da confiança e também por que temos um filho de 3 anos, mas sinceramente sou uma pessoa infeliz. Estou dentro da igreja, sirvo ao Senhor, participo de atividades na igreja mas priorizo sempre a minha família, mas como homem sou infeliz mesmo. Quanto ao sexo, ela nunca reclamou de nada, ao contrário, disse que desde quando comecei o jiu-jitsu eu fiquei com muito mais potência e que ela tinha muito mais orgasmos, mas mesmo assim eu acho que não sou tão importante para ela. O que você acha que devo fazer para não magoá-la mas ao mesmo tempo também não ficar frustrado?

  5. Nem todos os homens são assim !! Em 1° lugar, higiene se ensina desde cedo. Pelo menos em casa se ensinava. Agora, se muitos são “relaxados”, não adianta “generalizar”; 2° Hoje em dia nós os homens se cuidam mais; 3° Se nos cuidarmos além da conta, nós os homens sofrem com o estigma social, de sermos chamados de “fresco”, “vea..”, “maric..” “boio…” “play…””gravatinha” por todos (pai, irmãs, tios, primos, tias, primas, “povo da escola”, “povo do trabalho”, “povo da faculdade”, vizinhos, ou seja – o homem é mais vitima do machismo, do que a própria mulher. Porque não usamos calças vermelhas, por exemplo)? Isso se nos cuidarmos bem. 4° Andar asseado nunca é demais. Faz parte da decência, obediência, da moral e dos bons costumes. É falta de classe essas “indecências” (tanto o homem quanto a mulher); 5° Terapeuta disse que tem mulheres que são porcas, relaxadas, descuidadas…

Leave A Reply