AS PALAVRAS PODEM DESTRUIR UM RELACIONAMENTO!

2

Nos últimos textos falei sobre paixão, como reacender a chama do amor e como descobrir a principal linguagem do seu cônjuge. Caso não tenha lido os textos anteriores, sugiro que leia, pois este será uma continuação. Gostaria de lembrar que existe a possibilidade de você não conseguir identificar a linguagem de seu cônjuge rapidamente, e isso acontece quando o “tanque emocional” dele está vazio há muito tempo. Neste caso, terá que demonstrar amor falando as 5 linguagens durante algumas semanas ou quem sabe meses. Depois de um certo tempo, pergunte a ele qual das linguagens fez com que se sentisse mais amado. Ah! Lembrando que esse texto não serve apenas para casados, mas para namorados e noivos também! 🙂

Palavras de Afirmação
Quem não gosta de ser elogiado? Todos gostam! Mas para quem possui essa linguagem como principal, um simples elogio pode ser uma grande demonstração de amor. Um vez um esposo disse: “Um elogio pode me manter vivo por 2 meses!” Gostaria de compartilhar também uma frase de um rei muito sábio, Salomão: “A morte e a vida estão no poder da língua, o que bem a utiliza come do seu fruto.” Pv 18:21. Certo dia, uma esposa entrou em um consultório de um especialista em relacionamentos reclamando que há 9 meses pedia diariamente que seu esposo pintasse o quarto, sem obter resultados. O conselho do especialista foi: elogie-o durante 2 meses, inclusive pelas pequenas coisas, assim como colocar o prato na pia ou guardar os sapatos. Não faça mais nenhuma cobrança e nenhuma crítica, apenas elogie-o”. Ela não botou muita fé, mas 2 meses depois o quarto estava pintado!
O que aconteceu? Mágica? Não. Como a primeira linguagem do amor deste marido é “Palavras de Afirmação”, o tanque dele ficou repleto! Assim, foi muito fácil dele retribuir o amor à esposa pintando o quarto. Todas as 5 linguagens possuem dialetos, como em qualquer outro idioma. Vamos ver os dialetos que podemos falar dentro desta linguagem:
Palavras encorajadoras
Quantas vezes nos dispomos a fazer certas coisas como iniciar um projeto ou elaborar planos? Muitos deles vão por água abaixo simplesmente por falta de incentivo. Quando comecei este blog, não estava muito confiante. Não queria fazer nada pelas minhas próprias forças, mas apenas aquilo que fosse plano do Senhor para minha vida. No dia seguinte que coloquei o blog no ar, falei pelo telefone com meu pai e suas primeiras palavras foram: “Filha, como você escreve bem menina! Seus textos transmitem vida, como se você estivesse falando conosco pessoalmente”. Dois dias depois, recebi um incentivo do meu marido, quando ele se dispôs a dar uma cara especial ao blog. Nesta semana, uma amiga também me enviou uma mensagem de grande incentivo. Talvez eu não tivesse dado continuidade ao projeto caso não recebesse essas demonstrações de amor. Elas foram a força para eu me animar e continuar!
É exatamente sobre isso que estou falando! Transmita palavras de incentivo ao seu cônjuge. Se sua esposa resolver começar uma nova dieta, mesmo que for a trigésima neste ano, diga-lhe: “Se você fizer a dieta, sei que será um sucesso, estou do seu lado!”. Se o seu marido resolver fazer um prato especial, mesmo que ele seja um péssimo cozinheiro, diga: “Huuum, estou ansiosa para provar, sei que vai ficar uma delícia!”. Caso seu marido esteja procurando um novo emprego ou quem sabe um novo curso, você pode dizer: “Sei que você vai conseguir o melhor, é um ótimo profissional!”
Existem mil formas de expressar este dialeto. Caso tenha alguma dificuldade de elaborar alguns incentivos, sempre que alguma ideia vier a mente, através de filmes, textos ou revistas, anote em um caderninho.
Palavras gentis
A mesma frase pode expressar amor ou raiva, dependendo da forma como for falada. Imagine a seguinte frase dita de forma amorosa: “Eu amo você!” Agora, vejamos esta mesma frase falada em tom de ironia: “Eu amo você?” Outro exemplo: Se você falar “Eu vou lavar a louça esta noite” de uma maneira rude, não será recebida como expressão de amor. Podemos compartilhar qualquer sentimento de maneira doce, inclusive dor, mágoa, rancor e decepção. Se for falado de uma forma honesta e gentil, pode-se tornar uma expressão de amor.
O rei Salomão disse com toda sabedoria: “A palavra branda desvia o furor.” Se o seu esposo vier a você com palavras rudes e agressivas e você for gentil (sem ser irônica), quem sabe até esperando um tempo para ele se acalmar, com certeza transformará a situação, evitando assim muita confusão. Você deve buscar sempre um diálogo, onde os dois possam colocar seu ponto de vista com calma, abertos para mudarem de opinião ou reconhecer o erro, caso seja necessário. Isso é amor maduro.
O amor jamais registra uma lista de erros para trazer a tona em momentos oportunos. Se eu escolher a justiça ao invés do perdão, me torno um juiz, e meu cônjuge um réu. Como podemos ter intimidade numa situação como esta? O perdão é o caminho para o verdadeiro amor. Não conseguimos apagar o passado, mas podemos torná-lo história, transformando-o em experiência  de vida. O perdão não é sentimento, assim como o amor, é uma decisão, um compromisso!
Palavras humildes
O amor faz solicitações, não imposições. Quando dou ordens a meu cônjuge, torno-me pai ou mãe dele. Se expressamos nossas necessidades e desejos como pedidos e não como ordens, indicaremos um caminho e não forçaremos ninguém até ele. Um marido que diz: “Amor, sabe aquele frango assado delicioso que você faz como ninguém? Estou com tanta vontade de comer…”, fornecerá a esposa uma dica de como ela pode transmitir amor à ele, diferente do marido que diz: “Desde que nosso filho nasceu você nunca mais fez aquele frango! Pelo jeito vou ficar sem comê-lo por mais 18 anos…”. Assim, o esposo deixa e se portar como um adulto, agindo como um adolescente.
A mulher que diz: “Você poderia me ajudar dando banho na nossa filha? Estou tão exausta hoje…”. Ela expressa amor ao fazer este pedido. Agora se ela disser: “Tenho sempre que pedir pra você dar banho nas crianças, você nunca toma iniciativa. Parece uma mosca morta nesse sofá!”. Deixa de demonstrar amor mostrando-se uma esposa dominadora.
O pedido (diferente da ordem), implica o elemento escolha. Saber que meu cônjuge me ama a ponto de atender meu pedido comunica emocionalmente que ele se importa comigo e quer fazer algo que me agrade. Não há como desenvolver o amor emocional com intimações. Pode até ser que seu cônjuge obedeça suas ordens, mas não transmitirá amor, apenas medo, culpa ou qualquer outro sentimento ruim, menos amor. Um pedido cria oportunidades, uma ordem sufoca a possibilidade!
Faça uma lista
Se for difícil pra você utilizar palavras de afirmação com o seu cônjuge (isso normalmente acontece quando não recebemos esta forma de amor na infância), sugiro que comece anotando uma lista do que gosta e admira em seu esposo. Talvez lembre-se de poucos itens inicialmente, mas vá acrescentando no decorrer dos dias. Elogie seu cônjuge diariamente por suas atitudes positivas. Vou deixar algumas sugestões:
“Você fica lindo e elegante com esse terno!”, “Você ficou ótima com este vestido”, “Ninguém faz este prato como você!”, “Muito obrigada por ter lavado a louça esta noite, significou muito pra mim”, “Obrigada por ter pagado mais um dia da faxineira este mês, me ajudou bastante!”, “Obrigada por ter ficado com as crianças ontem.”, “Obrigada por ter levado o lixo pra fora, é um serviço que não gosto muito de fazer.”, “Você é um ótimo profissional, tenho muito orgulho de tê-lo como marido (esposa)”.
As possibilidades são infinitas. Faça com que isso se torne rotina no seu relacionamento, mesmo que “Palavras de Afirmação” não seja a principal linguagem de seu cônjuge. Será como “gasolina aditivada” no tanque emocional de seu amor.
Dani Marques

*Alguns trechos foram retirados do livro “As 5 Linguagens do Amor – Gary Chapman” – adaptados por Daniela Marques

Share.

2 Comentários

  1. Primeiro parabéns pelo seu blog, não sou muito de ler nada em blogs, essa foi a primeira vez, preciso de alguns conselhos os quais eu até já peguei alguns nessa matéria “AS PALAVRAS PODEM DESTRUIR UM RELACIONAMENTO!”, porém acho que depende também do outro lado né..! Vc pode me ajudar estou em uma relação dificil e eu acho que já fiz de tudo e não consigo mais achar alternativas para o meu problema, acho que já tentei tudo possível..! Vc pode me ajudar com algum conselho..!? Desde já muito grato..!

  2. Eu amava fazer tarefas domesticas para ajuda a minga espisa assim como cozinhar as delucias que ela gostava mais no namoro ela mim prometeu que seria de igual no casamento. Mais tudo mudou ela é arrogante sempre esta mi magoando não pede perdao quando erra ai cansei de tudo hoje é mais facio o odio mim consumi do que o amir que sinto por ela. Isso tudo o que esta ni seu blog é muito dificio para mim porque ate um sentimento de raiva com ciume tomou conta do meu coração……

Leave A Reply